Como funciona o serviço de orçamento do habitissimo?
Em menos de um minuto e grátis

Peça on-line orçamento de pintar edifício. Serviço totalmente gratuito e sem compromisso. Você pode receber e comparar vários orçamentos de pintar edifício dos melhores profissionais.

Preço de pintar edifício

Quanto custa um trabalho de pintar edifício?

O preço médio é de

R$ 157.500
A partir de R$ 90.000 É o preço mais barato para pintar edifício
Até R$ 240.000 Preço máximo que nos passaram os profissionas para os trabalhos de pintar edifício

Esses preços são uma estimativa e podem variar em função da qualidade dos materiais, a duração da obra e as dimensões...

Para conseguir um orçamento personalizado:

Conteúdo dessa guia

Preços de pintar edifício

Tipos de pinturas Preços Informações adicionais
Pintura completa para edifício de 3 andares R$90.000,00fachadas e muros
Pintura completa para edifício de 4 andares R$120.000,00fachadas e muros
Pintura completa para edifício de 6 andares R$180.000,00fachadas e muros
Pintura completa para edifício de 8 andares R$240.000,00fachadas e muros

Estes valores são aproximados e podem variar em função de outros fatores dependendo do tipo de trabalho

Tipos de pinturas de prédios e seus preços médios

Pintura interna e externa do prédio

Pintura interna e externa do prédio

Com o passar dos anos, é natural que a pintura das áreas internas e externas do edifício acabe ficando com a aparência envelhecida e precise passar por uma renovação. O intervalo médio estimado para que seja feita a pintura do edifício é de cerca de 5 anos, mas essa periodicidade pode variar dependendo do tipo de tinta utilizado na pintura anterior, bem como da exposição das paredes ao sol e à chuva. No caso dos prédios de condomínio, é necessário que a pintura seja aprovada pelos condôminos, e a maioria das convenções exige apenas quórum normal e maioria simples para a aprovação. Já nos edifícios comerciais é importante consultar todos os envolvidos antes de iniciar qualquer trabalho de pintura das áreas internas e externas. O valor médio cobrado pela pintura interior de um edifício gira em torno de R$ 33,00 o m², enquanto a pintura exterior custa em média R$ 38,00 o m², considerando o preço da mão de obra e dos materiais.

Pintura e restauração da fachada

Pintura e restauração da fachada

Existem casos em que a simples pintura não é suficiente para devolver a beleza à fachada de um edifício, sendo necessário investir também em um trabalho de restauração. Pode ser que uma simples limpeza da fachada já seja capaz de melhorar a aparência do edifício e deixá-lo pronto para receber a tinta, e o preço médio cobrado por esse serviço gira em torno de R$ 27,00 o m², dependendo da técnica utilizada e do material de revestimento da fachada. Porém, se a fachada estiver muito deteriorada, será necessário investir em uma restauração completa, incluindo a revisão de falhas na estrutura e fechamento de trincas e abscessos, e o valor médio a ser investido nesse trabalho gira em torno de R$ 120,00 o m², incluindo toda a recuperação da fachada e a sua pintura. Uma opção que pode ser interessante para fachadas muito deterioradas é apostar em um revestimento de cerâmica, que requer apenas uma lavagem a cada 3 anos em média e custa cerca de R$ 170,00 o m².

Informação útil
  • É importante fazer o tratamento de fissuras e infiltrações e lavar a fachada antes da pintura. Os profissionais responsáveis por pintar a fachada devem obrigatoriamente usar EPIs, e a empresa contratada deve oferecer um seguro contra acidentes para quem for trabalhar no local. O valor médio a ser investido na pintura completa do edifício gira em torno de R$ 75.000,00.

  • 2 meses, aproximadamente
  • Dificuldade: Alta

Quanto custa pintar um edifício? Veja preços aqui:

A pintura de edifícios requer uma série de cuidados que vão desde a segurança dos profissionais envolvidos no trabalho até a escolha das tintas e cores que serão usadas em cada ambiente. O edifício é formado por diversas estruturas, e embora seja muito comum as pessoas pensarem apenas na pintura da fachada quando falamos desse tipo de construção, é importante lembrar que existem diversas outras áreas que podem precisar de uma repaginada na cor, como por exemplo os corredores, o hall de entrada, os espaços de lazer comuns, a portaria, etc. Para cada tipo de pintura pode ser cobrado um valor diferente, mas de uma forma geral os preços ficam em torno de R$ 36,00 o m². A seguir nós trouxemos uma lista com valores médios para pintar as mais diversas áreas de um edifício:

  • Pintar os corredores do edifício: cerca de R$ 17.300,00, considerando um prédio de 8 andares, incluindo a pintura de todos os corredores já com o  custo da mão de obra e dos materiais.
  • Pintar a fachada do edifício: em média R$ 22.200,00, para um edifício de 5 andares com a fachada medindo cerca de 20 x 30 m. 
  • Pintar os muros do edifício: o valor médio a ser investido gira na pintura de um muro gira em torno de R$ 30,00 o m², considerando que o muro tenha 260 m lineares de 2 m de altura, o custo total será de aproximadamente R$ 15.6000,00
  • Pintar os espaços de lazer do edifício: o preço médio da pintura gira em torno de um salão de festas com 80 m² gira em torno de R$ 5.000,00, incluindo as paredes internas e externas.
  • Pintar o hall de entrada do edifício: cerca de R$ 800,00 para um hall de entrada com 35 m².

Além dos valores gastos com a pintura do edifício em si, em alguns casos pode ser necessário contratar serviços extras que são cobrados à parte. Confira abaixo o preço da mão de obra para diferentes trabalhos que estão relacionados à pintura do edifício:

  • Limpeza da fachada: considerando que o preço médio fica em torno de R$ 27,00, para limpar uma fachada de 20 x 65 m será necessário investir cerca de R$ 35.100,00.
  • Aplicação de massa corrida nas paredes internas: o preço médio cobrado por esse serviço fica em torno de R$ 7,00 o m².
  • Aplicação de selantes para trincas: em torno de R$ 10,00 o m².
  • Aplicação de textura grafiatto: cerca de R$ 50,00 o m².
  • Aplicação de fundo selador para fechar os poros das paredes: em torno de R$ 5,00 o m².

O que saber antes de pintar um edifício? Veja alguns conselhos:

Esclareça suas dúvidas sobre a pintura de edifícios:

É melhor pintar ou lavar a fachada do edifício?

A resposta para essa pergunta irá depender muito do material utilizado no revestimento da pintura do edifício, bem com da sua localização e da exposição a fatores de sujeira, como poluição e poeira. Se a pintura do edifício ainda estiver em bom estado, apresentando somente um acúmulo de fuligem ou outros resíduos, então a lavagem da fachada pode ser a melhor opção, e o custo médio desse serviço gira em torno de R$ 27,00 o m², dependendo da técnica utilizada. Já para os casos em que a própria tinta está deteriorada, com sinais de manchas, bolhas e ressecamento, então o mais recomendável é investir em uma pintura nova para o edifício, que irá custar cerca de R$ 33,00, no caso dos espaços internos, ou R$ 38,00, para as áreas externas.

De quanto em quanto tempo é necessário pintar o edifício?

O ideal é analisar as condições do edifício para definir a periodicidade exata da pintura, já que ela irá depender de fatores como exposição à poluição, incidência de sol e chuva no local, necessidade de renovar a aparência do imóvel, etc. Existem casos específicos em que a legislação estabelece a frequência em que deverá ser feita a pintura, como por exemplo a cidade de São Paulo, em que foi criada a lei municipal 10.518/88 para determinar que as fachadas de edifícios devem ser pintadas ou lavadas a cada 5 anos. Mesmo que na sua cidade não exista uma norma legal disciplinando o assunto, o ideal é que seja observado o intervalo médio de 5 anos para a pintura do edifício, pois assim é mais fácil garantir que ele ficará com a aparência sempre bem conservada.

Qual a melhor época do ano para pintar o prédio?

Para responder essa pergunta é importante considerar o clima da região onde você vive, já que o Brasil possui dimensões continentais e o período chuvoso em determinada região pode ser o período de seca em outra. De uma forma geral, é importante que a pintura seja feita em épocas mais secas e de temperatura amena, pois o excesso de umidade e de calor pode fazer com que a tinta acabe ficando manchada. No caso do sudeste, por exemplo, a época do ano mais indicada para a pintura é entre os meses de abril e setembro, que geralmente são mais secos e com temperaturas mais amenas

O que diz a legislação sobre a pintura de edifícios? Saiba aqui:

A pintura de edifícios envolve uma série de questões que estão previstas em diferentes normas. Uma delas é a NR 35, que irá dispor sobre os trabalhos em altura e se aplica principalmente às pinturas das fachadas prediais. De acordo com a norma, considera-se trabalho em altura qualquer atividade exercida acima de 2 m, onde exista o risco de queda. O objetivo da NR 35 é garantir a segurança dos profissionais que realizam esse tipo de trabalho, e por isso é fundamental que ela seja observada durante a pintura do edifício.

Além dessa norma, a Associação Brasileira de Normas Técnicas também possui algumas exigências aplicáveis à pintura de edifícios em geral. A ABNT NBR 15.575, por exemplo, irá dispor sobre uma série de padrões mínimos aplicáveis aos edifícios habitacionais, envolvendo questões como, estrutura, fachadas e paredes internas, o que está relacionado à pintura predial. 

Outra exigência importante em relação às pinturas de fachadas de edifícios é a emissão do ART no caso de engenheiro ou RRT no caso de arquiteto. Esses documentos garantem que, se houver algum acidente com os profissionais envolvidos, será possível saber de quem será a responsabilidade.

Gostou do conteúdo?

Nota media: 4.8 estrelas

6 votos realizados

6.421 pessoas já solicitaram orçamentos para pintar edifício

Preços por categoria
Orçamentos relacionados
Cadastre-se
Você é um profissional?

Fale com pessoas que estão procurando profissionais qualificados em obras, instalações, mudanças, etc.